Seus

O teclado e a tela de escrita do computador me intimidam de verdade. “Eu quero escrever, mas o quê? Sobre sua dificuldade de agora.” E é isso, por que abandonar o lápis (no meu caso, a lapiseira) e o papel? São tantos os recursos… Uma explosão de cores, infindáveis e inexplorados tipos de fonte, fundos, compartilhamentos e eu ainda prefiro destruir a Amazônia para ter a lapiseira e o papel. Frescura? Não. Humanidade. O fato de que meus amados artigos de papelaria podem ser tocados, usados e até mordidos (desculpem-me, mas eventuais momentos de concentração profunda são assim). Busco inspiração, momentos, sensações, todas coisas que eles me proporcionam, há poucas coisas que amo mais que meu mini ‘lápis mecânico’ e meus milhões de caderninhos, além de Eternity (companheira violino), uma câmera, um chapéu azul e tantas outras coisas que parecem meras coisas. Acredite, elas não são só isso, pergunte a você mesmo e a sua experiência de vida.

Já pensou quantas coisas (coisas mesmo – objetos) importam para você?

Espero ter proporcionado um bom momento de leitura, obrigada por ter um tempo para ler o que escrevi, de verdade.

 

Choses(2)

 

Obs: desculpe Amazônia.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s